(Ainda sem votos, sê o primeiro a votar)
Loading...
Share on Pinterest

Há cerca de uma semana foi lançado o jogo Pokémon Go para iOS e Android. A app, dos famosos bonecos animados, rapidamente enlouqueceu os fãs, estando mesmo já no TOP de apps mais populares em ambos os sistemas operativos.

O jogo, cujo objectivo é que consigamos apanhar nós mesmos os Pokémons, também tem proporcionado situações menos boas… vamos saber porquê!

Pokemon

Quer se goste ou se odeie, o jogo está muito bem pensado. Basicamente temos que nos registar, criar a nossa personagem e depois, através da nossa localização e num ambiente de realidade aumentada, verificar os pokémons que se encontram próximos para os conseguirmos apanhar e, assim, promovermos a nossa pontuação.
Apesar das muitas permissões que o jogo pede, a verdade é que já é um fenómeno de popularidade tanto no Google Play como na App Store.

Pokemon-GO

Mas… nem tudo parece estar a ser uma animação e alguns jogadores já passaram mesmo por maus momentos, com o Pokémon Go.

Queria apanhar um Pokémon… encontrou um cadáver!

Que o diga a jovem de 19 anos, Shayla Wiggins, que, na passada sexta-feira, estava a jogar quando, de repente, se deparou com o cadáver de um homem a flutuar num rio perto de sua casa em Wyoming, nos Estados Unidos da América. Ao tentar encontrar um Pokémon… deparou-se com uma terrível cena macabra.

Shayla Wiggins encontrou o corpo de um homem enquanto procurava Pokémons.

Shayla Wiggins encontrou o corpo de um homem enquanto procurava Pokémons.

Segundo a jovem contou ao canal de televisão KTVQ, tentou saltar uma cerca para o rio para conseguir apanhar o Pokémon, no entanto, encontrou algo bizarro:

The Pokemons are all over Riverton. I was trying to get a Pokemon from a natural water resource. I was walking towards the bridge along the shore when I saw something in the water. I had to take a second look and I realized it was a body. It was pretty shocking. I didn’t really know what to do at first. But I called 911 right away and they came really quickly.

I was pretty scared and cried for a while.

Uma ferramenta para os ladrões

Noutra região dos EUA, em Missouri, três assaltantes armados conseguiram ludibriar um grupo de 8 jogadores a deslocarem-se a um Pokestop – local, no mundo real e exibido através do GPS, onde os jogadores podem adquirir recursos para apanhar os Pokémons.

pokemon-assaltantes

Segundo Bill Stringer, sargento do Departamento de Polícia de O’Fallon, os assaltantes utilizavam a funcionalidade de geolocalização do Pokémon Go, como forma de se deslocarem ao local antecipadamente, aproveitando-se do isolamento da vítima para cometer o crime.

Como conta o BuzzFeed, os assaltantes foram detidos após terem, alegadamente, roubado um homem de 33 anos.

Pokestops muito bizarros…

Segundo um utilizador do Reddit, um cemitério perto da sua localidade estava repleto de Pokestops. Juntamente à publicação, o utilizador, designado TheBatInTheBirdcage, deixou uma imagem onde se podem ver vários cubos azuis a flutuar muito próximos uns dos outros.

Segundo ele:

All of the graves are Pokestops.

cemitério

Apesar de tudo… tem aproximado as pessoas

Por outro lado, a dinâmica do jogo tem aproximado pessoas que partilham este interesse. Segundo alguns relatos, o jogo promove a conversa, mesmo durante viagens, com pessoas que nunca vimos, sobre o Pokémon Go.

Segundo Domingo Gomes, colaborador do Pplware, em Espanha já foram mesmo criados grupos de Pokémons Go no Telegram. Só desde a semana passada, já são cerca de 150 jogadores só no grupo PokémonGoMadrid, sendo que praticamente todos se deslocaram ao parque El Retiro para apanhar Pokémons.

O jogo tem tido um enorme sucesso entre os jogadores e fanáticos, conseguindo estar seguro no TOP de apps mais populares para iOS e Android.

Já jogaram Pokémon Go? Qual o vosso feedback?

Fonte: Pplware

Lê todas as notícias sobre o Pokémon Go.

Sigam-me
Sigam-me

Latest posts by Luis Timoteo (see all)

Comentarios Facebook

comments